Blog

‘Nabe’ tem gosto de festa

- Você vai estar ocupado à noite? – Me perguntou a amiga Maho
- Tenho um pouco de trabalho. Por quê?
- Vou preparar um 'nabe' em casa e pensei em convidar vocês.
- Se é 'nabe' eu vou de qualquer jeito.
- Hum... mas não sei se você vai gostar. Eu ganhei carne de javali...
- Javali? Adoro!
- Eu nunca preparei antes. Pode ser que não fique bom...
- Não tem problema. Se for 'nabe' e se juntar mais de duas pessoas, vira festa!

Nabe tem gosto de festa

A carne de javali é um ingrediente meio raro, normalmente, o nabe é preparado com carne de frango ou postas de peixe ou outros frutos do mar. Também entra tofu (queijo e soja) e verduras da época. Mas é um prato muito versátil, onde cabe uma grande variedade de ingredientes e combinações.

Nabe tem gosto de festa

Meu amigo Tomohisa é o marido da Maho. Ele é ceramista.

Nabe tem gosto de festa

A palavra nabe significa panela. Mas também pode se referir ao ensopado preparado sobre um fogareiro em cima da mesa.

Nabe tem gosto de festa

O nabe é uma comida fácil de preparar e muito econômica. Ótima para servir nas reuniões com amigos.

Nabe tem gosto de festa

Comida típica do inverno, o nabe é muito bom para aquecer as noites frias. Na panela coloca-se um tempero básico e depois cada um acrescenta outros temperos à gosto no próprio prato.

Nabe tem gosto de festa

Esta salada é 100% da minha horta: alface-crespa, rúcula, coentro e mizuna (verdura japonesa).

Nabe tem gosto de festa

A carne de javali é um pouco dura, mas até a gordura é saborosa. Dizem que é importante deixar escorrer todo o sangue depois de matar o animal para não ficar com sabor e cheiro desagradáveis.

Nabe tem gosto de festa

Gosto de comer na casa desses amigos para saborear a comida admirando as cerâmicas que ele produz e outras que coleciona.

Nabe tem gosto de festa

Desta vez, ele me mostrou duas preciosidades da duas coleção: laca japonesa genuína (urushi). Elas também vão à mesa.

Nabe tem gosto de festa

Nabe tem gosto de festa

O NABE combina com KANPAI - SAÚDE!!!



Por Reginaldo Okada
Fotos: Satomi Shimogo
Tema > Gastronomia | 18:32 | comentários (6) | -

Comentários

Os comentários serão analisados previamente, por isso poderá demorar para serem publicados. Os que tiverem tom ofensivo ou conteúdo inapropiado serão eliminados.

Alexandre Mauj Imamura
Com a barriga roncando de ver esse post excelente.
Nada como um bom nabe nesse frio.
22/01/2010
Curtindo o Japão
Olá Alexandre, desculpe deixar sua barriga roncando. rsrs

Abraço
23/01/2010
Eliane
Oi, o nabe é uma comida muito saudável agora qto a carne de javali, não sei não, ela é mais bonita crua do q cozida, já a salada (da sua horta) é tudo de bom. Enqto aqui no Brasil nós comemos de qualquer jeito, no Japão parece q tudo vira uma cerimônia. É muito interessante! Gostei muito.
beijinhos
25/01/2010
Curtindo o Japão

Olá, querida Eliane. Seja bem-vinda, sempre!

É interessante sim. O senso estético é diferente. As refeições também são saboreadas pelo olhar, incluindo todo o conjunto: a comida e as louças onde são servidas.

Mas não se pode generalizar, não é todo mundo e nem é toda hora que se faz as refeições como uma "cerimônia".
25/01/2010
Andrea Yoko
Ola Nado,Nabe e tudo de bom....nos aqui em casa sempre fazemos,a melhor parte e no final qdo colocamos arroz ou udon,o que vc acha?!
beijosss
23/02/2010
Curtindo o Japão
Oi Andrea, realmente, no final jogar arroz ou udon no caldo que sobrou é bárbaro!
23/02/2010
Seu endereço de email não será exibido nesse site.
Sua URL será exibida.

Topo

| Home |